Comunicar é

legislativas-1030x823.jpg

Quando pensamos na definição de comunicação, muitas vezes pensamos apenas no conceito de trocar informação através de palavras, no entanto comunicar é muito mais do que isso.

Ao ler o texto ‘Metadiálogos’ de Bateson, ficamos a entender melhor esses aspectos que muitas vezes passam despercebidos no processo de comunicação.

E como exemplo, vou tentar relacionar esses aspectos da comunicação com a comunicação no espaço político.

Quando vemos, quer na televisão quer ao vivo, um debate na Assembleia da República, vemos por exemplo um deputado do PCP a debater com um deputado do CDS, e entendemos o que eles querem dizer, no entanto não são apenas as suas palavras que permitem o nosso entendimento. Vamos por partes:

a) Os conceitos: Quando ouvimos um deputado do CDS dizer por exemplo, que é essencial que o Estado cumpra as suas funções, e um deputado do PCP a dizer o mesmo, as suas palavras podem coincidir, no entanto a mensagem que eles querem transmitir não é a mesma, isto porque o conceito das funções que o Estado deve desempenhar não é igual para o CDS e para o PCP.

sem-nome

O deputado do CDS deverá entender que as funções do Estado estão próximas daquelas de um Estado liberal, que apenas tem uma função mínima de regulação e de garante da ordem e segurança, enquanto o deputado do PCP deve entender que o Estado tem como função a total regulação dos vários sectores da economia nacional.

Ou por exemplo quando houve, recentemente, muita polémica acerca de um possível imposto sobre o património imobiliário acima de 1 milhão de euros.
A oposição criticou-o afirmando que este atingia a classe média, enquanto o Governo e os partidos de esquerda afirmavam que a classe média consistia em agregados familiares com patrimónios imobiliários muito abaixo de 1 milhão de euros.
Todos diziam querer proteger a classe média, mas o seu entendimento do conceito de classe média era muito diferente.

Ou seja, apesar de se estarem a referir ao mesmo conceito, o seu entendimento do mesmo difere, e a percepção desta diferença por parte do espectador é um factor importante num processo de comunicação, podendo facilitá-lo, quando entendemos que a pessoa com quem comunicamos pode ter um entendimento diferente do que nós acerca de um certo conceito, ou prejudicá-lo, quando esse entendimento não existe.

b) “A linguagem é um sistema de gestos”: Esta é uma das ideias que encontramos ao ler o texto de Bateson, e permite-nos entender que a comunicação pode não consistir apenas na “troca de palavras”, as pessoas transmitem informação não só através do que dizem, Obama.149e8f5fcf1b4c9ca420fc7216f0422c.jpgmas também através da maneira como o dizem (expressões faciais, gestos, etc.) o que por vezes é mais eficiente que as próprias palavras.

Por exemplo, a utilização de um tom de voz que transmita a ideia de sarcasmo ou ironia, muda totalmente a nossa compreensão acerca de uma frase.

Ou por vezes a utilização de gestos ou actos físicos pode mesmo substituir a comunicação verbal totalmente, como aconteceu por exemplo num debate parlamentar, há algumas semanas, em que o Presidente do Partido Socialista Carlos César criticou o PSD dizendo que este tinha abandonado a sua maneira de ser para se tornar num partido neo-liberal, o que levou os deputados do PSD a “baterem” com as mãos nas bancadas do Parlamento, demonstrando o seu descontentamento com a afirmação de uma maneira muito mais evidente do que se o fizessem através da comunicação verbal.

Os comportamentos podem também ser fonte de informação num processo de comunicação, se por exemplo durante um debate televisivo um dos candidatos tiver um comportamento mais nervoso, este transmitirá aos espectadores uma ideia de falta de serenidade ou de não ter perfil para exercer o cargo a que concorre.

Um bom exemplo disso é o primeiro debate televisivo entre J.F. Kennedy e Nixon em 1960, onde Kennedy surgiu calmo, com um perfil mais “presidencial”, e Nixon aparece nervoso, transpirando.

c) As regras e os ‘contornos’ da comunicação: Entendemos também a importância das regras na comunicação, e apercebemos-nos da sua existência, que muitas vezes passa despercebida.

É nestas regras (por vezes subconscientes) que se baseia a comunicação, ainda que algumas delas tenham de ser ensinadas quando aprendemos a comunicar. E esta aprendizagem torna a comunicação previsível, ou pelo menos a maneira como comunicamos, podemos não saber o que a outra pessoa vai dizer, mas sabemos por exemplo, que ao fazer uma pergunta teremos uma resposta.

Um exemplo de regras em que se baseia a comunicação política (ainda que seja um pouco diferente das regras e contornos a que Bateson se refere) é o modo como decorrem os Parlamento-Assembleia-da-Republica.jpgdebates parlamentares, em que está estabelecida a ordem segundo a qual cada partido pode falar, quanto tempo tem para fazer as suas declarações, o direito de resposta a uma questão, o direito de se defender verbalmente quando se sente atacado e os procedimentos de interpelação à mesa.

d) O nosso entendimento: Por fim, entendemos que comunicar é também a própria compreensão de todas estas regras e de todos estes conceitos.

Em conclusão, é importante compreender que a comunicação é muito mais do que apenas trocar informação verbalmente.
Devem ser tidos em conta os gestos, as entoações, as expressões faciais e vários outros elementos, e até a nossa própria compreensão (por vezes subconsciente) desses mesmos elementos, que nos permitem participar com sucesso no processo de comunicação de forma “automática”, Bateson fala do conceito de instintos: “(…) reflexos, mecanismos de estimulação inatos, padrões fixos de acção (…)”.

Penso que faz sentido dizer que comunicar é tudo aquilo que acontece quando estamos em contacto com outras pessoas.

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s