A qualidade de um site

hder.png

Nos posts anteriores o foco tem sido muito os social media (redes sociais como Facebook, Twitter, etc.) enquanto ferramentas de comunicação online.

No entanto é também importante analisar a qualidade dos sites das instituições, sendo que estes são essencialmente a principal página ou site que a representa online.

Para realizar este “exercício” de avaliação, seleccionei o site do Partido Socialista (PS), comparando-o, em alguns aspectos, com os restantes sites dos partidos com assento parlamentar.

Existem vários critérios através dos quais podemos analisar a qualidade de um site, tais como o seu Design, Conteúdo, NavegaçãoCall to action, e Tecnologia, entre outros.

A minha primeira impressão do site do PS é positiva, o site é bastante fácil de encontrar através de uma pesquisa no Google.

Design

Em termos de Design, este é bastante bom, sendo simples mas atractivo, o que por exemplo não se verifica no site do Partido Ecologista Os Verdes, cujo design não é muito positivo, tendo demasiada informação imediatamente na homepage. O site do Bloco de Esquerda, apesar de ter um design “simplista” tem também demasiada informação na primeira página, o que não seria um problema se esta fosse apresentada através de um design agradável, como é o caso do site do Partido Comunista Português ou do CDS (que ironicamente são parecidos). O site do PSD assemelha-se ao do PS, no sentido em que a homepage funciona essencialmente como uma “landing page” contendo apenas alguma informação através de um design positivo.

As cores utilizadas (no site do PS) são as cores da bandeira nacional (alterando os tons), apelando para uma ideia de patriotismo. O site tem ainda um elemento “humano” ao apresentar várias fotografias e vídeos (algo não visível na imagem abaixo pelo facto desta não capturar toda a página).

Comparação entre os sites dos diferentes partidos:

This slideshow requires JavaScript.

 

Conteúdo

Quando analisamos o conteúdo, existe uma grande quantidade de informação disponível, desde todas as estruturas do partido, os seus estatutos e normas, história e resultados eleitorais. Existindo também um item no menu de navegação que abre uma sub-secção do site inteiramente dedicada ao Grupo Parlamentar do PS na Assembleia da República, no qual são apresentados conteúdos adicionais como uma lista de todos os deputados, comissões, agendas e contactos.

Este conteúdo é actualizado frequentemente, permitindo aos utilizadores a procura de informação actual. O que não se verifica nos sites de todos os partidos, como por exemplo no site do BE onde ainda está presente um link para a candidatura de Marisa Matias à Presidência da República, quando as eleições já foram há bastante tempo.

O conteúdo é fiável, por se tratar de uma página oficial da instituição.

O seu conteúdo não é excessivamente propagandista, sendo principalmente informativo.

Apresenta ainda uma página de FAQ, assim como testemunhos, ou intervenções de membros do partido, acerca de actividades relacionadas com o mesmo.

Não existem grandes “pontos de atracção” que façam os utilizadores voltar ao site, com a excepção da Agenda (que permite ter conhecimento dos eventos marcados) e o desejo de procurar informação específica acerca do partido.

 

Navegação

Todo este conteúdo é facilmente encontrado através da barra/menu de navegação do site, que tem poucos itens que apresentam várias subcategorias, facilitando a navegação do utilizador. No entanto uma falha apontar é o facto de, quando se trata de um item com sub categorias, o utilizador não pode clicar nesse item para abrir uma página e as seleccionar, deve clicar logo na subcategoria através da lista apresentada por baixo da barra de navegação, algo um pouco contra-intuitivo na minha opinião.

A barra de pesquisa também facilita bastante esta procura de conteúdo, e o Site Map permite também ver todas as categorias e subcategorias de uma vez só, facilitando a navegação.

menumenuparlpesq

Quando comparamos com os sites dos restantes partidos, o único que se destaca negativamente é o do BE. Enquanto os restantes sites apresentam uma barra de navegação com no máximo 7 itens, o site do BE apresenta 13, sendo demasiada a informação apresentada de uma vez só.

Call-to-action

O site do PS apresenta vários links que possibilitam ao utilizador realmente “tomar uma acção” e envolver-se no Partido e na sua actividade.

calltoaction.PNG

Algo a notar no entanto, é o facto de que quando se selecciona um destes links, a nova página é aberta no mesmo separador do browser, forçando o utilizador a regressar ao site se quiser aceder a outro conteúdo, uma melhor solução seria a abertura num novo separador, mantendo o site aberto.

Nota: “Acção Socialista” é o jornal/revista oficial do PS.

Tecnologia

Existe a possibilidade de visualizar o site e o seu conteúdo em diferentes línguas (português, inglês e francês), no entanto esta mudança de idioma não se verifica nas imagens nem na barra de navegação, e tem apenas efeito sobre a página que se visualiza, sendo que quando se navega para outra página, o idioma volta ao português, algo negativo.

Compatibilidade:

O site adapta-se ao tamanho dos ecrãs dos vários dispositivos, mas no entanto não apresenta uma versão mobile do mesmo, sendo apenas a versão desktop adaptada ao tamanho de ecrã de um smartphone ou tablet. (O que também se verifica nos sites de todos os outros partidos com a excepção do PCP e PAN).

O site não apresenta alternativas para deficientes, como navegação por som.

Contactos

Por fim, o site do PS apresenta todos os seus contactos (telefone, morada, fax, etc.), apresentando também links para as suas redes sociais e feed RSS. Algo que se verifica também nos sites do PSD, CDS, PEV, PAN, e estranhamente não nos sites do BE e PCP.

O site do PSD é o único que dispõe de uma aplicação móvel, apresentando no seu site os links para o download da mesma.

Em conclusão:

O site do Partido Socialista é bastante bom, sendo que existem no entanto alguns detalhes, já indicados anteriormente, que poderiam ser melhorados.

Quando comparado com os sites dos restantes partidos com assento parlamentar, verificamos todos são razoáveis, sendo que os que se destacam pela positiva são o do PS e PSD, por serem simples, ainda que o CDS e o PCP mostrem um design mais inovador, mas pouco simples. Os sites do BE e PEV são os que se destacam negativamente.

O que falta a todos eles é, na minha opinião, combinar a simplicidade com a inovação, algo feito em certa medida no site do PAN, ainda que não totalmente (e ainda que o esquema de cores não seja especialmente atractivo).

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s