A relação dos eleitos com os seus eleitores

IMG_0155

Como já foi mencionado em posts anteriores, grande parte da política é comunicar, por isso faz sentido pensar nas Relações Públicas como uma componente essencial da actividade política.

Na passada 2ª Feira (Aniversário do 25 de Abril) visitei o Palácio de São Bento, aberto ao público, e abordei o Primeiro Ministro António Costa tentando saber a sua opinião sobre a importância das RP na Política:


Nesta passada 2ª Feira, o Palácio de São Bento esteve aberto ao público no seguimento das celebrações do aniversário do 25 de Abril.
img_475x3222016_03_12_16_22_57_520086

Um evento semelhante teve lugar há algumas semanas, quando o Presidente da República Marcelo Rebelo de Sousa abriu ao público o Palácio de Belém, para que todos pudessem conhecer a sua residência e local de trabalho, tendo também interagido com os visitantes.

 

Acções como estas mostram a preocupação dos órgãos políticos em transmitir uma ideia de abertura para com os eleitores. 

É ainda importante destacar a maneira como este evento (em São Bento) se desenvolveu, com grande simpatia dos agentes da polícia, e total liberdade de circulação dentro do jardins e espaços abertos da residência, reforçando a ideia de abertura de um espaço normalmente privado.

O evento proporcionou a oportunidade de ouvir o Primeiro Ministro e o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa discursar ao vivo, assim como a possibilidade de visitar o interior de parte da residência oficial, os jardins, e ainda de assistir a várias actuações de grupos musicais, como a Orquestra Geração, o guitarrista Pedro Joia e a Lisbon Poetry Orchestra.

Outro acontecimento que merece algum destaque foi a possibilidade dos visitantes participarem na criação de um graffiti, reforçando a ideia de participação dos cidadãos na celebração:

Dando continuidade a esta abertura, o Primeiro Ministro António Costa anunciou que a partir de Junho, os Jardins do Palácio de São Bento estarão abertos todos os Domingos para visita pública.

Afirmando no seu discurso, em conjunto com o Presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina, que:

Estes locais de trabalho dos órgãos de soberania não são dos órgãos de soberania, são vossos, são do povo e são dos cidadãos, e é isso que quisemos transmitir abrindo as portas da residência oficial de São Bento neste dia 25 de Abril

Os dois discursos podem ser vistos aqui.

 

Do ponto de vista das Relações Públicas este evento serve de exemplo de uma boa acção de comunicação por parte de órgãos políticos (neste caso por parte do PM e da CML), porque transmite uma ideia de abertura para com os cidadãos e contribui para uma estratégia de comunicação com os eleitores, algo que o Primeiro Ministro, na sua resposta à questão colocada, considerou essencial:

“A política tem que ter uma comunicação permanente com os cidadãos”

Destacando a importância desta comunicação ser feita todos os dias, e não apenas em dias como o 25 de Abril, nomeadamente através da ferramenta das redes sociais, um meio de comunicação e interacção que já foi abordado anteriormente.

 

Quando olhamos para outros países, nomeadamente os EUA, vemos exemplos deste mesmo tipo de eventos, tais como a “Caça aos Ovos” organizada pela Casa Branca, onde esteve presente o casal Obama:


Cada vez mais se nota o esforço dos políticos e das organizações governamentais em manter-se conectados com os cidadãos através de eventos como estes, em datas simbólicas, ou diariamente através das redes sociais. É assim positivo ver duas instituições como o Governo Português e a Câmara Municipal de Lisboa terem iniciativas como esta.

 

Em Conclusão

Foi um evento interessante que contribuiu para a boa imagem do Governo e da CML, especialmente em termos de comunicação e interacção com os cidadãos.

 

Um especial agradecimento ao Primeiro Ministro António Costa, que no meio de uma agenda sobrecarregada, teve a gentileza de se disponibilizar a responder à minha questão.

Fotografias do Palácio e Jardins de São Bento:

Advertisements

One thought on “A relação dos eleitos com os seus eleitores

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s